Linkedin - Portal do Concreto Facebook - Portal do Concreto

Anterior
Próximo

 

 

 

OPERAÇÃO DO INSTRUMENTO “TORRENT PERMEABILITY TESTER” PARA ENSAIO DE PERMEABILIDADE AO AR

 

 

1.0                    - DOCUMENTOS BÁSICOS:

 

1.1                    - TORRENT Permeability Tester – Operating Instructions

 

 

2.0                    - EQUIPAMENTOS

 

2.1                    - Painel de controle

2.2                    - Bomba de vácuo

2.3                    - Unidade de controle, com a mala para transporte

2.4                    - Célula de vácuo de duas câmaras

2.5                    - Instrumento de determinação da resistividade elétrica

 

 

3.0                    - PREPARAÇÃO DO INSTRUMENTO.

 

3.1                    - As duas válvulas da unidade de controle devem estar abertas (posição horizontal).

 

3.2                    - Conectar o tubo de borracha da unidade de controle na bomba de vácuo, utilizando a presilha. A ligação deve estar bem vedada.

 

3.3                    - Ligar o fio da unidade de controle (sensor de pressão) ao “INPUT A” do painel.

 

3.4                    - Ligar a bomba de vácuo.

 

3.5                    - Colocar a célula de vácuo na superfície do concreto a ser ensaiado.

 

3.6                    - Fechar a válvula vermelha (posição vertical).

 

3.7                    - Aguardar aproximadamente 10 minutos.

 

3.8                    - Após esse intervalo de tempo, fechar a válvula azul e então, logo em seguida, abrir a vermelha e a azul, respectivamente.

 

 

4.0                    - CALIBRAÇÃO DO INSTRUMENTO

 

4.1                    - A calibração da perda de pressão deve ser feita de tempos em tempos e necessariamente depois de uma grande mudança de temperatura e pressão.

 

4.2                    - Com o painel de controle ligado, pressionar a tecla “MENU”.

 

4.3                    - Escolher a opção “Calibration”, através das setas do painel e pressionar a tecla “START/RESET”.

 

4.4                    - Pressionar a tecla “START/RESET”.

 

4.5                    - Posicionar a célula de vácuo na placa de aço polido, fixada na mala de transporte da unidade de controle.

 

4.6                    - Observar as mensagens que aparecerão no painel durante a calibração e seguir as instruções do QUADRO 1.

 

QUADRO 1 – Procedimentos para calibração

Tempo

Mensagem apresentada no painel

Procedimento a executar

0 s

“Shut red cock”

Fechar a válvula vermelha

30 s

“Shut blue cock”

Fechar a válvula azul

35 s

“Open blue cock”

Abrir a válvula azul

55 s

(preparação)

Preparar-se para fechar a válvula azul

60 s

“Shut blue cock”

Fechar a válvula azul

 

4.7                    - Aguardar o período de calibração (720 s).

 

4.8                    - Para remover a célula de vácuo da superfície, abrir primeiro a válvula vermelha (posição horizontal) e depois a válvula azul.

 

 

5.0                    - NATUREZA DA ÁREA DE TESTE

 

5.1                    - Qualquer posição desejada com a superfície seca.

 

5.2                    - Suficientemente plana para permitir que os anéis selem ambas as câmaras.

 

5.3                    - O concreto não deve estar quebrado.

 

5.4                    - A distância entre o limite exterior do elemento estrutural e o diâmetro externo da célula deve ser de, no mínimo, 20 mm.

 

5.5                    - A câmara interna não deve ser locada sobre barras de aço (ferragens). 

 

 

6.0                    - MEDIÇÃO DA PERMEABILIDADE

 

6.1                    - Com o painel de controle ligado, pressione a tecla “MENU”.

 

6.2                    - Escolher a opção “Test N°”, através das setas do painel e pressionar a tecla “START/RESET”.

 

6.3                    - Escolher o número do teste através das setas do painel e pressionar a tecla “END”. Para as medições subsequentes o número é automaticamente acrescido de 1 unidade.

 

6.4                    - Pressionar a tecla “START/RESET”.

 

6.5                    - Posicionar a célula de vácuo na superfície desejada, especificada no item 6.0.

 

6.6                    - Uma medição é sempre feita na mesma seqüência, seguindo as instruções que aparecem no painel de controle, de acordo com o QUADRO 2.

 

QUADRO 2 – Procedimentos para medição da permeabilidade

Tempo

Mensagem apresentada no painel

Procedimento a executar

0 s

“Shut red cock”

Fechar a válvula vermelha

30 s

“Shut blue cock”

Fechar a válvula azul

35 s

“Open blue cock”

Abrir a válvula azul

55 s

(preparação)

Preparar-se para fechar a válvula azul

60 s

“Shut blue cock”

Fechar a válvula azul

 

6.7                    - A medição é automaticamente finalizada e kT e L são calculados se:

 

a)       - o aumento de pressão efetivo = aumento de pressão medido – perda de pressão calibrada ³ 20 mbar ou

b)       - t = 720 s.

 

6.8                    - Para remover a célula de vácuo da superfície, abrir primeiro a válvula vermelha (horizontal) e depois a válvula azul.

 

6.9                    - Para as medições subsequentes, iniciar o procedimento a partir do item 7.4.

 

7.0                    - RESISTIVIDADE ELÉTRICA (r)

 

7.1                    - A determinação da resistividade elétrica do concreto é realizada como um complemento para a caracterização do concreto quanto à sua permeabilidade, principalmente em concretos úmidos.

 

7.2                    - Devem ser feitas de 3 a 6 determinações e calculada a média.

 

7.3                    - Conectar o cabo do “WENNER-PROCEQ” no “INPUT B” do painel de controle.

 

7.4                    - Molhar as 4 espumas com água para permitir contato elétrico com o concreto.

 

7.5                    - Pressionar a tecla “MENU” do painel de controle.

 

7.6                    - Escolher a opção “Electr. resistance”, através das setas do painel e pressionar a tecla “START/RESET”.

 

7.7                    - Para apagar um valor já existente, selecione “Delete mean value” e pressione a tecla “START/RESET”.

 

7.8                    - Posicione o medidor no local desejado, de modo que as 4 pontas estejam em contato com a superfície.

 

7.9                    - Selecione “Wenner Input” e pressione a tecla “START/RESET”.

 

7.10                - O painel mostrará a resistividade ao lado da letra r e à direita a porcentagem da corrente nominal que passa pelo concreto nas condições presentes.

 

7.11                - Quando o valor se mostrar estável, pressionar a tecla “PRINT/STORE”, que este será considerado no cálculo do valor médio.

 

7.12                - Para as medições subsequentes, iniciar no item 8.8.

 

7.13                - A medição das resistividades podem ser finalizadas pressinando a tecla “END”.

 

7.14                - Se a mensagem “Value not exact” aparecer, significa que as espumas não estão suficientemente molhadas ou o concreto está muito seco e o valor de r é muito grande.

 

7.15                - Nota: O “WENNER-PROCEQ” consome energia mesmo quando não está realizando medições, portanto mantenha-o desconectado do painel quando não estiver em uso.

 

 

8.0                    - RESULTADOS

 

8.1                    - Para visualizar os resultados armazenados no painel, pressione a tecla “MENU” e selecione “Data Output”, pressionando a tecla “START/RESET”.

 

8.2                    - Pressione “START/RESET”.

 

8.3                    - Selecione o número da medição através das setas do painel.

 

8.4                    - Ao terminar, pressione a tecla “END”.

 

 

9.0                    - ANÁLISE DOS RESULTADOS

 

9.1                    - Os índices  de qualidade do concreto são classificados de acordo com o QUADRO 3.

 

QUADRO 3 – Índices de qualidade do concreto de acordo com kT

ÍNDICE

CLASSIFICAÇÃO

PERMEABILIDADE POR DIFUSÃO AO AR "kT"

(10-16m2)

5

4

3

2

1

muito pobre

pobre

normal

bom

muito bom

> 10

1,0 a 10

0,1 a 1,0

0,01 a 0,1

< 0,01

 

9.2                    - Quando a resistividade elétrica também for determinada, pode-se utilizar o gráfico 1 para a determinação do índice de qualidade do concreto.

 

 

 

 

 

 

 


 

 

Gráfico 1 – Gráfico para determinação do índice de qualidade do concreto

 

 

9.3                    - A espessura do elemento de concreto deve ser maior do que a profundidade de penetração L do vácuo. Isso é essencial para o uso da fórmula de cálculo de kT.

 


 
GOSTOU?
compartilhe em sua rede social:  
 

Últimas Notícias

QUAL É A NORMA?...
O Portal do concreto tem novidades para 2015, muito mais informaçõ...
LOJA VIRTUAL...
A Loja Virtual do Portal do Concreto está em fase final de montagem. Esp...
EQUIPE MAUÁ DE CONCRETO...
O desenvolvimento de tecnologias sustentáveis depende de uma série...

INSTITUCIONAL REDES SOCIAIS RECEBA NOSSAS NOVIDADES
Anúncie | Contato | Equipamentos | Meus Pedidos | Meu Cadastro  Facebook - Portal do Concreto  Linkedin - Portal do Concreto

 


Desenvolvido por: Dinamicsite