Entre em contato!

  • Preto Ícone Instagram

©2006 - 2018 by Portal do Concreto

kartraklogo.png
Concreto com Pega Programada

Na linguagem de obra, dizer que o "concreto está dando pega", significa dizer que o concreto começou a perder a plasticidade, tornando mais difícil a sua aplicação.

 

Em outras palavras, o processo de pega é a mudança de estado das misturas que contem cimento e água (pastas, argamassas e concretos), de uma condição de maleabilidade, até deixarem de se deformar a ação de pequenos esforços.

 

O tempo deste processo (reação química) pode ser constatado através de ensaios padronizados de cimento, com a utilização do aparelho de Vicat.

 

“Início de pega” é o intervalo de tempo existente entre a adição de água ao cimento e o começo da reação.

 

Conforme este tempo de “início”, o cimento tem as seguintes classificações:

-          Pega rápida: menor do que 30 minutos;

-          Pega semi-rápida: entre 30 e 60 minutos;

-          Pega normal; mais do que 60 minutos.

 

O tempo de “fim de pega” também é contado á partir da adição da água ao cimento, levando em média de 5 a 10 horas para os cimentos normais.

 

O concreto de pega programa é, portanto, a mistura composta por cimento e aditivos apropriados, que através de dosagens experimentais, nos permitem conhecer e controlar o início desta reação.

 

Ele pode ser aplicado em concretagens a longas distâncias, lançamentos com grandes intervalos de tempo, obras de grandes volumes, não sendo recomendado para pisos industriais, que merecem um estudo especial.